Muitas mães de pets são sabem o que é espirro reverso e ficam desesperadas com os sintomas, sem saber o que fazer. Veja aqui!

Espirro reverso ocorre quando a faringe(nas costas da garganta) apresenta espasmos e o seu cão faz inspirações rápidas, dificuldade para respirar, fica com o pescoço esticado, patas dianteiras afastadas, faz barulho ao respirar. Frequentemente os olhos esbugalham. Pode acontecer com cão ou gato mas é muuuuito mais comum em cães.

Ainda não sabe o que é? Veja esse vídeo que preparamos pra você.

Mas é perigoso????

Não. Calma. Seu cãozinho não vai morrer! É comum, normal. É como tossir ou espirrar. Não é para se preocupar a principio. O espirro reverso tal qual o espirro pode ser causado por uma irritação na garganta. Se não passar ou for frequente, deve ser investigado. Pode ser uma alergia ou infecção.

 

Dá aflição. O que posso fazer pra ajudar?

Primeiro de tudo: mantenha a calma. Muitas vezes o dono nervoso dá mais aflição ao animal. Em verdade, você não precisa fazer nada. Vai passar em no máximo dois minutos. Se não passar, vale procurar um veterinário.

O ato de engolir inibe o espirro reverso. Você pode ajudar seu pet fazendo uma massagem leve no pescoço dele. Há indicação também de oferecer água mas, durante o espirro, dificilmente ele beberá. Petit particularmente tem muito espirro reverso. Não sei se pela idade… Eu nem sabia o que era, só ficava desesperada. Mas percebia que eu ao me aproximar dele, a tendência é sempre ele me lamber. Ele lambia e parava. Passei a sempre que acontecia isso oferecer a mão ou o braço pra ele lamber e, com isso, regularizar a respiração.

Outra alternativa é tampar as narinas dele. Sim!!!!! Isso vai fazer que por instinto ele respire pela boca e isso também irá regularizar a respiração.

 

Diferença do espirro reverso para algo mais sério

Tem algo mais sério sim: o colapso de traqueia. No colapso da traqueia os sintomas incluem tosse (tosse de ganso como é conhecida devido ao seu som), mímica de vômito e falta de ar. A tosse é comumente pior durante o dia quando o animal está mais ativo e menos intensa a noite quando o animal está em repouso (diferente da tosse dos canis quando ela piora durante a noite). A tosse pode iniciar-se devido a excitação, pressão traqueal (coleira) ou por comer ou beber.

Se o episódio criar sons quando excitado ou depois de comer ou beber, ou ainda abrir os membros anteriores e estender o pescoço e um respirar ritmado como se estivesse morrendo ou agonizando, tenha certeza que está diante do ESPIRRO REVERSO.

Se a respiração através da boca emitir um ruído estridente ou se há tosse reflexiva após tocar sutilmente seu pescoço, podemos estar diante de um COLAPSO DE TRAQUÉIA.

Em caso de dúvida, procure o veterinário para a palavra final. O diagnóstico definitivo do colapso de traqueia só pode ser obtido por meio de exames.